top of page

O início de tudo!


Eu, meus filhos e nora no aeroporto


Oi gente! Sou a Carla, brasileira apaixonada, de Barra do Piraí-RJ, mas adotei o Rio de Janeiro há 40 anos e é onde sou feliz! ADORO demais o Rio.


Vou tentar mostrar um pouquinho aqui sobre o dia-a-dia no Vietnã, onde moro atualmente com o meu marido, pois acredito ser uma cultura MUITO diferente da nossa e por isso, muito interessante e rica. Espero também poder ajudar, com boas informações, as pessoas que vêm para cá passeando ou para aqueles que pretendem morar aqui.

Enfim, no mínimo, vou trazer muitas curiosidades sobre a história, costumes e tradições desse país tão pitoresco.


Então, vamos aos detalhes: o João (maridão) recebeu uma proposta de trabalho da Marinha do Vietnã e o contrato é de 2 anos e meio, podendo-se renovar para mais 2 anos e meio. No início ficamos um pouco apreensivos, por vários motivos e o principal deles, para mim, seria ter que ficar esse tempo todo longe dos meus filhos e enteados, família, amigos e netos de 4 patas. Fiquei triste também de deixar o meu trabalho em pausa, pois além de AMAR fazê-lo, ele crescia a cada dia e no momento da minha partida, eu já estava a ponto de ter que mudar o meu atelier para um lugar maior e contratar funcionários.

Para quem não conhece o GUSSEN CRIAÇÕES, visite o site www.gussencriacoes.com.br ou siga-nos no Instagram @gussen_criacoes.


Outro motivo dessa dúvida de ir ou não seria pela cultura ser tão diferente da nossa. Será que nos adaptaríamos? Para nossa sorte já havíamos estado no Vietnã quando fizemos o mochilão pelo sudeste asiático em 2017 e já tínhamos uma noção geral de como viviam. Adoramos todos os lugares por onde passamos e jurávamos que voltaríamos algum dia! E olha só.... não só voltamos, como vamos viver aqui por um tempo!


Decidimos encarar o desafio, já que somos bons aventureiros e encaramos a vida como uma oportunidade para crescermos como seres humanos, desapegar da matéria, colocar na bagagem bastante cultura, aprendizado e de quebra exercitar a tolerância, a paciência, driblar a saudade e ser resiliente, pois sabemos que nem tudo vai ser sempre um "mar de rosas".


Enfim, não existe bônus sem ônus! O negócio é colocar tudo na balança e ver se vale a pena. No nosso caso, chegamos a conclusão que valeria a pena sim...pagar para ver. E aqui estamos nós!


Gostaria de deixar claro, que tudo o que vou escrever aqui, são impressões MINHAS! É sempre a minha opinião, a minha visão e o meu entendimento. Portanto, posso estar errada algumas vezes sobre algum assunto ou com uma visão diferente da sua. Mas vou expressar o que sinto e vejo com os MEUS olhos.

Partiuuuuu..........??!!


Na véspera da minha viagem fiz um ritualzinho de despedida, mas não dei muita ênfase a esse assunto, pois para mim será um "até breve" e também para não doer tanto...

Acordei antes das 6 da manhã (muita ansiedade) com a lua enorme brilhando no céu e o Cristo Redentor reluzente no alto do Corcovado, com os seus braços abertos, dizendo: "Vai fundo! Aproveita essa linda oportunidade".



O Chopp (nosso Golden idoso de 13 anos) dormiu no box...figuraço!



Antes de qualquer coisa fui levar nos Correios a encomenda do meu último cliente. Acredite ou não, esse cliente é uma escola de YOGA que funciona em Búzios, RJ e eles pediram para eu criar as artes e estampar 30 canecas para um retiro da escola. Foram 10 artes diferentes, todas ligadas à filosofia Budista e à yoga. Mais um sinal que eu estava no caminho certo... As canecas ficaram lindas e fechei (pausei) um ciclo com chave de ouro!




Depois que voltei dos Correios peguei a minha bike e fui dar uma volta na Lagoa para curtir o visual e aproveitei para passar no Clube Piraquê, onde fica a Capelinha que mais amo no Rio de Janeiro. Eu e João temos muitas histórias sobre essa Capela! Fiz as minhas orações e agradecimentos e fui para casa, pois a minha amada "escudeira" Ester (que é minha companheira de vida há 30 anos) já havia chegado e no elevador já pude sentir o cheirinho da feijoada dela. Thiago, Bruno e Bianca já iam chegar para almoçar!







O início dessa aventura se deu no dia 16/08/22, quando os meus filhos amados Thiago e Bruno e minha norinha Bianca foram me levar no aeroporto, para a minha partida do Brasil e início de uma nova vida "no outro lado do mundo" junto com o meu maridão, que já estava lá na nossa cidade, NHA TRANG, há 15 dias.



Dia do embarque do João (01/08/22)


O nervosismo, misturado com emoção, com ansiedade, dúvidas, certezas, JÀ saudade.... acabaram me confundindo e, de cara, fomos todos parar no Galeão (Aeroporto Internacional do Rio) e na verdade o meu voo saía do Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio!!! Meu Deusssss..... e agora!!??? A sorte é que saímos bem cedo de casa e para completar tinha um "piloto" nota mil para nos levar! Meu filho Bruno fez bonito!! Chegamos bem a tempo de fazer todos os trâmites do embarque e ainda fomos lanchar, para baixar um pouco a adrenalina.

Aí chegou a hora!! sniff sniff. Quanta emoção! Não consegui segurar as lágrimas na despedida. Normal! É muito amor envolvido...


A viagem é lonnnnnnngggaaaaa! Saí do Rio no dia 16/08/22 pela LATAM e fiz escala em São Paulo. Esperei por quase 3:30h para embarcar para Doha, pela Qatar Airways. O vôo de São Paulo para Doha, no Qatar, durou em torno de 14 horas! Aí chegando em Doha o fuso horário já começa a "brincar" com a sua cabeça kkk. São 6 horas a mais que no Brasil.



Fiquei também quase 4 horas esperando o vôo em Doha para Ho Chi Minh (antiga Saigon). O vôo, operado também pela Qatar Airways, saiu do aeroporto Hamad International às 02:35 da madruga e durou 8 horas para chegar em Ho Chi Minh, no Vietnã...ufaaa mais de 30 horas! E dá-lhe fuso: 10 horas a mais que no Brasil! É para pirar na batatinha rsrs. E ainda não cheguei na minha cidade!!



Cheguei em Ho Chi Minh no dia 18/08/22 e como essa viagem é surreal, o João comprou as passagens para NHA TRANG (nossa cidade) para 2 dias depois (20/02/22). Assim daria para eu me recuperar um pouco e também aproveitaríamos para passear pelos locais da cidade que não havíamos visitado no nosso mochilão.

O nosso reencontro foi muito emocionante.... Muita saudade! Ele todo fofo, com um buquê lindo de girassóis e com aquele olhar cheio de amor, assim como o meu! Sem precisar falar nada, as nossas almas conversavam: "Estamos juntos e isso é o que importa! Pode ser em qualquer lugar do planeta, vai ser sempre maravilhoso. A gente FAZ ser maravilhoso!" Uuaauuuu

Vou deixar para o próximo post as nossas próximas aventuras... vai acompanhando aí!



Grande beijo

tạm biệt



3 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Joao Belo
Joao Belo
Jan 25
Rated 5 out of 5 stars.

Uaaauuuu. Arrrrrasou mi amorrrr

Like
Replying to

Obrigada meu amor! ❤️

Like

Joao Belo
Joao Belo
Jan 25
Rated 5 out of 5 stars.

Wowww. Lindo depoimento mi amorrr. Te amo

Like
Post: Blog2 Post
bottom of page