top of page

Trilha do Morro da Urca



O Morro da Urca juntamente com o Pão de Açúcar formam um dos cartões postais mais conhecidos do Rio de Janeiro. A maioria dos turistas acessa o Morro por meio dos famosos bondinhos, que já até apareceram em filmes do James Bond – Agente secreto 007:


Porém descreveremos uma maneira diferente para subir o Morro e curtir a magnífica vista do Pão de Açúcar. O nosso post aproveita e comenta sobre a Pista Claudio Coutinho, que dá acesso à trilha do Morro da Urca.

Antes, uma curiosidade, há várias versões históricas a respeito da origem do nome Pão de Açúcar.


“Segundo o historiador Vieira Fazenda, foram os portugueses que deram esse nome, pois durante o apogeu do cultivo da cana-de-açúcar no Brasil (século XVI e XVII), após a cana ser espremida e o caldo fervido e apurado, os blocos de açúcar eram colocados em uma forma de barro cônica para transportá-lo para a Europa, que era denominada pão de açúcar. A semelhança do penhasco carioca com aquela forma de barro teria originado o nome.” Internet.


E um pouco de historia, já que nessa região você caminhará perto de onde foi erguida a primeira fortaleza da cidade: “A fundação da cidade do Rio de Janeiro está intimamente ligada à Fortaleza de São João. Localizada na Urca, entre os morros Cara de Cão (marcação vermelha do mapa abaixo) e Pão de Açúcar, foi ali que, em 1º de março de 1565, Estácio de Sá fundou a cidade”.



Essa é uma trilha bem fácil. Faz parte da Transcarioca, trecho 25 e marca a extremidade leste da mesma.

Mapas da Transcarioca:



Além de ser bem acessível, a trilha é gratuita, curta e bonita. É perfeita para um programa outdoor. E antes de pegarmos a trilha, aproveitamos ainda a pista Claudio Coutinho, que é um lugar incrível! Recomendamos tanto para quem quer fazer exercício quanto para quem quer simplesmente caminhar em um local tranquilo, cheio de natureza e seguro.

O caminho da Pista Cláudio Coutinho é asfaltado, tem 1,25 km de extensão e não tem custo algum. A pista também é conhecida como Caminho do Bem-te-vi e Estrada do Costão. Serve para caminhadas e corridas, sendo assim, não são permitidas a entrada com bicicletas ou afins. O acesso com animais domésticos também é proibido.







A trilha do Morro da Urca passou por um processo de recuperação ambiental, recentemente, quando recebeu degraus e plantio de árvores nativas. Subimos a primeira vez sem este upgrade e o início da subida era em terra batida e bem escorregadio. Pelo caminho, mirantes revelam paisagens esplendidas. O Morro da Urca tem visão panorâmica em 360º, englobando o Corcovado e Cristo Redentor, enseada de Botafogo, a Baía de Guanabara, as praias de Botafogo e Flamengo, o Morro da Babilônia, o Centro da cidade, Niterói e suas praias oceânicas e, ao fundo, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com o pico “Dedo de Deus” se destacando no horizonte em dias de céu limpo. A trilha é gratuita, mas se a intenção for subir o trecho Morro da Urca - Pão de Açúcar, você poderá comprar o ticket no próprio Morro. Para saber sobre preços, veja no site bondinho.com.br.


A Pista Cláudio Coutinho tem entrada no final da Praia Vermelha. Após iniciarmos a caminhada pela pista e ir curtindo o visual a beira mar por uns 400 metros, chegaremos até a entrada da trilha a esquerda com placas de sinalização.






Entrando na trilha vamos subir uns 500 m por uma trilha bem preparada. Logo teremos um mirante a esquerda e em seguida chegaremos em um platô onde se pode ver a enseada de Botafogo, a praia do Flamengo e a ponte Rio- Niterói, mais ao fundo:







Agora é só seguir mais 100 m e logo terá um outro mirante de madeira a sua direita. Voltando à trilha principal é só caminhar mais 300m até avistar os cabos de aço do bondinho, no alto do Morro da Urca, local que possui um complexo turístico.





Deste ponto é possível retornar pela trilha a pé ou descer de bondinho pagando o ticket.

Esta é uma maneira barata e saudável de conhecer um dos ícones da cidade maravilhosa!


Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
Post: Blog2 Post
bottom of page